Ações de segurança para operação de empilhadeiras

Operar uma empilhadeira requer alguns cuidados que são essenciais. Para fazer um bom trabalho com empilhadeira é preciso respeitar suas limitações, tais como: desgastes precoces, manutenção diárias, riscos de acidentes, acidentes, lesões corporais, processos civis e trabalhistas. Por isso, algumas ações de segurança devem ser obedecidas, senão o operador ou terceiros podem sofrer riscos que resultem em acidentes fatais.

Uma das vantagens de fazer operações com empilhadeiras é que elas foram projetadas para facilitar o trabalho. Com isso, sua presença traz muitos benefícios para o ambiente de trabalho. Todavia, operar empilhadeiras oferece alguns perigos que devem receber toda e total atenção.

10 dicas de segurança

  1. treinamento para operar a máquina;
  2. transportar apenas a quantidade permitida e/ou que ofereça segurança;
  3. qualificações do instrutor;
  4. manutenção do equipamento em intervalos adequados;
  5. ter cuidado ao trafegar tanto em áreas claras quanto áreas mais escuras;
  6. ter cuidado com as conversões e sempre frear devagar;
  7. o transporte deve sempre ser feito com a coluna da empilhadeira inclinada para trás;
  8. manter sempre em marcha a ré ao descer rampas com a empilhadeira carregada;
  9. fazer uso de itens sonoros como sinalizador para atenção de todos no local de trabalho com a empilhadeira;
  10. uso de barreiras para separar pedestres das áreas de tráfego de empilhadeiras.

O que é NR-11

É uma Norma Regulamentadora 11 de segurança para operação de elevadores, guindastes, transportadores industriais e máquinas transportadoras.

A NR 11  – Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais estabelece as empresas públicas e privadas, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho, requisitos mínimos de segurança para operação de elevadores, guindastes, transportadores industriais e máquinas transportadoras.

Curso de operação de empilhadeira

Objetivo

Qualificar os participantes, atualizando-os nas melhores práticas da área operacional com foco na segurança e produtividade na condução do equipamento.

Conteúdo

  • Conceitos básicos
  • Componentes da empilhadeira
  • Verificações iniciais
  • Procedimentos de operação e segurança
  • Operação do equipamento
  • Sinalização e acessórios
  • Método aproximado de cálculo do peso
  • Check-List

Carga horária

A carga horária será definida de acordo com o número de participantes e perfil do grupo a ser treinado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + treze =